Anotação 2020-06-09 121524.jpg

Acelerar o investimento pode gerar enormes ganhos para o PIB, ao mesmo tempo em que combate as emergências climáticas

 

 

Leia mais >

A importância da rotulagem ambiental

18/12/2018

Por mais segurança contra incêndio

Decreto que institui regulamento para edificações e áreas de risco no Estado de São Paulo contempla a exigência de certificação de produtos atestando a conformidade com as normas técnicas brasileiras.

 

Leia mais >

15/09/2018

Informação documentada

 

A informação documentada de um sistema de gestão da qualidade (ou de qualquer outro sistema de gestão) deve ser tão extensa quanto necessário e tão curta quanto possível.

A estrutura da documentação pode diferir de uma organização para outra, devido ao tamanho da organização, complexidade dos processos e competência do pessoal. Cada organização é única, com sua cultura, seus processos e seu sistema. A utilização de modelos prontos ou de documentação de outra organização normalmente “engessa” o sistema de gestão, contribuindo para seu fracasso.

A informação documentada deve servir como apoio aos processos e ao sistema de gestão, portanto, deve ser clara e objetiva, evitando floreios e facilitando a compreensão.

Além da implantação e transição para a ABNT NBR ISO 9001:2015, também realizamos treinamentos in company e auditorias internas.

 

Ricardo Palaio

13/03/2017

Calibração


Uma questão com a qual me deparo frequentemente em auditorias é sobre a calibração de equipamentos de monitoramento e medição. A ABNT NBR ISO 9001 (tanto na versão 2008 quanto na versão 2015) requer que, em determinadas situações, o equipamento utilizado para monitoramento e medição seja calibrado ou verificado, mas muitas pessoas desconhecem qual o objetivo da calibração.


Afinal de contas, o que é calibração? Segundo o Vocabulário Internacional de Termos de Metrologia Legal (VIML), adotado no Brasil conforme descrito na Portaria Inmetro nº 150/2016, calibração é comparação entre as medições realizadas por um determinado sistema de medição (instrumento de medição, máquina, etc.) com padrões de medição, considerando as incertezas. Estas informações estão declaradas no certificado de calibração.


Com o certificado de calibração em mãos é possível identificar qual a diferença da indicação do instrumento (valor medido) com a medida real (medida do padrão) e assim determinar se o equipamento pode ser utilizado para uma determinada medição ou não. Se a conclusão for pela não utilização, algumas decisões devem ser tomadas, considerando manutenção ou ajuste do aparelho (se for possível) e o que fazer com relação às medições que foram realizadas enquanto o equipamento estava “descalibrado”.


Calibração não deve ser confundida com ajuste e o certificado de calibração não é um atestado de que o equipamento está “bom” ou “medindo direito”. A calibração fornece informações para a escolha do equipamento adequado para cada situação de medição.

 

Ricardo Palaio